terça-feira, 30 de junho de 2015

Texto: Saída de Emergência

Fonte: www.tumblr.com


"Saída de emergência" - dizia a plaquinha. Mas minha válvula de escape mesmo é entrar na tua vida. Quebrar os vidros do julgamento e fugir pela porta da simplicidade. Se o fogo do atrito quiser nos queimar, usamos o extintor do amor e ficamos, entramos, amamos e somos. Nós sem nós, ficar e sair; fugir, te ter, me ter. Respiro fundo e não preciso de maca. O amor é desfibrilador natural. O acidente mais lindo dessa história foi poder te (re) encontrar. Sobreviveremos, sobrevivemos!

Texto por Renata Linard, 19 anos, estudante de Jornalismo e dona da página "O que Brotou das Dores".

Comente com o Facebook:

4 comentários:

  1. Lindo seu texto.

    http://alinesecretplace.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Que lindo, gente! Renata, arrasou!

    www.meucotidiano.com
    está rolando um sorteio bem legal no blog, clique: aqui.

    ResponderExcluir


Vinis e Outras Coisas - Copyright © 2014