terça-feira, 3 de março de 2015

Texto: Rodopiar





E somos tão maiores que os cadeados...
Pudera eu sempre lembrar
Que a força que trago
É maior que a do mar
É raso e afoga
Afoga por medo de levantar
Acostuma-se a afogar
Levanta teus olhos, pequena
Mira na imensidão desse céu
Uma centelha de amor já te permite voar
Quem disse que precisa rimar?
Amor
Ama
Amando
Cuida, flor de liz
Cuida do teu perfume
Deixa o vento dissipar esse teu cheirinho
E sorri, miúda
Sorri que as pedras se retiram...



Texto por Renata Linard, 19 anos, estudante de Jornalismo e dona da página "O que Brotou das Dores".

Nenhum comentário:

Postar um comentário


Vinis e Outras Coisas - Copyright © 2014