domingo, 21 de janeiro de 2018

Para visitar: Distrito de Arajara em Barbalha - CE


O Arajara é um distrito da cidade de Barbalha que fica situado nas encostadas da Chapada do Araripe. Possui muitas belezas naturais e um clima ameno. É lá onde vive o famoso e raro Soldadinho do Araripe, pássaro que atualmente corre risco de extinção. 

Para os amantes da diversão voltada para natureza, é um local perfeito, pois além de ter o Arajara Park que é um dos maiores parques aquáticos do país, lá existem trilhas, riachos e fontes naturais. Ah, sem falar na bela paisagem que é quase um quadro.


Com um charme ímpar e ar bucólico, a vila do Arajara também vale muito a pena a visita. Ela fica próxima do Arajara Park, mas infelizmente não é tão explorada pelos turistas. 

A tranquilidade da vila é algo que chama atenção, basta passar um tempo por lá que sentimos o estresse do dia a dia ir embora. É na simplicidade do local que descobrimos uma grande riqueza que é a felicidade.

As casinhas coloridas, algumas com um estilo bem curioso são o charme da vila. Vivemos um pouco da cultura do interior através da chamada da Igreja para a missa, pelas pessoas conversando nas calçadas e na praça, dos homens aboiando o gado, os pássaros cantando e o cheirinho da terra.




Assim como na cidade de Barbalha, na vila também acontece anualmente o hasteamento do pau da bandeira só que em homenagem a Nossa Senhora da Conceição que é a padroeira de lá. 
A festa da padroeira ocorre no dia 8 de dezembro e conta com a participação das bandas cabaçais.

Igreja de Nossa Senhora da Conceição.



Se vocês vinherem visitar Barbalha, não deixem de conhecer o Distrito do Arajara. Eu garanto que vocês vão sair de lá com um sorriso de ponta a ponta no rosto e com muitas fotografias legais.


domingo, 7 de janeiro de 2018

Olá 2018!


2018 mal começou e eu já tive milhares de coisas para resolver e metas para cumprir. Estou com muitas expectativas para esses dias que virão e muito empolgada para viver tudo o que planejei.


Vou adiantar para vocês que o Vinis e Outras Coisas estará de cara nova em fevereiro e vou trazer assuntos mais legais e menos pessoais. Mas calma gente, ainda vou falar coisas da minha vida tá? 

O canal também terá vídeos novos com um estilo diferente que andei estudando nesses últimos tempos e eu espero MUITO que vocês gostem. 


Mudanças virão na minha vida este ano e eu estou louca para compartilhar tudo com vocês. Ah e antes que eu esqueça, espero que 2018 seja maravilhoso para todos. 

domingo, 31 de dezembro de 2017

Retrospectiva 2017


Prometi a mim mesma que faria de 2017 um ano bom, e olha só que bacana, ele realmente foi maravilhoso. Tudo o que aconteceu nesses 365 dias que passaram, eu não mudaria nada. 

2017 foi um ano que me permiti mudar, ecarei as coisas da melhor forma possível, curti muito com meus amigos, conheci várias pessoas, mudei meu visual e me senti muito feliz. Claro que teve coisas que eu queria ter conquistado esse ano, mas acredito que não era a hora certa.

Bom, vamos lá para os principais acontecimentos. haha



Esta foto foi tirada em janeiro durante a minha apresentação do TCC e lembro como do alivio que senti depois desse dia. Eu estava tão nervosa, mas tão nervosa nesse momento que nem me lembrei de tirar mais algumas fotos.

Obrigada Iúrio por ter me acompanhado nesse dia e ter tirado essa foto.




Depois do nervosismo com o TCC veio toda a alegria e cor do carnaval. Me diverti bastante na cidade de Crato com meus amigos e ficamos todos bem "glitterinados". rsrs



Finalmente o dia mais esperado do meu ano chegou que foi a minha colação de grau. Concluir uma faculdade é uma das melhores sensações da vida. To falando muito sério gente.

Em março também realizei um grande sonho que era entrar na faculdade de Jornalismo, porém acabei desistindo ainda no primeiro semestre. Não vou explicar muito, mas um dos motivos foi que eu estava muito cansada para fazer uma segunda graduação ainda esse ano.

Segue abaixo uma foto no dia do trote. 


Ainda no mês de Março, eu sai em uma matéria na Cariri Revista, onde falei sobre a cidade de Guaramiranga. Sério eu ADORO sair em revistas. haha



E para finalizar esse mês que eu amei tanto, fiz a maior loucurinha do meu ano que foi ficar ruiva. Eu amei muito essa nova cor de cabelo e não sei quando vou voltar a ser loira.


Este ano também fiz um curso super bacana de fotografia e também pela primeira vez na vida dei uma palestra sobre fotografia com o meu amigo Iúrio na UFCA.

Foto durante o curso de fotografia na ESBA.

Em 2017 também rolou meu aniversário de 25 anos com uma festa compartilhada com minha amiga Luise. Decidimos fazer uma festa juntas porque nossos amigos são os mesmos e nosso aniversário é quase no mesmo dia. 

A festa foi maravilhosa, mas infelizmente demorei anos para pegar as fotos com Luise e acabei não fazendo um post sobre este momento.





Fui para inúmeras festinhas e eventos em 2017, porém a Mostra SESC Cariri foi o evento mais especial. Pela primeira vez fui para os 5 dias de shows, entre eles o da banda Vivendo do Ócio que marcou muito a minha adolescência. E para a minha surpresa, acabei conhecendo todos os integrantes da banda, eles são maravilhosos.


No geral 2017 foi um ano muito bom, pena que passou tão rápido. Aprendi muitas coisas sobre mim que mudou a forma que eu via o mundo. Acho que amadureci muito com a chegada dos meus 25 anos, não vou dizer que foi fácil, pois tive algumas crises, mas percebi que era só o medo de ficar mais velha e de se tornar uma "super adulta". 

Um ponto positivo desse ano foi que aprendi a ser mais independente e curtir alguns momentos de uma forma mais reservada. Também melhorei ( um pouquinho ) a minha mania de viver no mundo da lua e aprendi a ter mais foco. Vi que algumas escolhas por mais dolorosas que sejam ( como trancar o curso de jornalismo) no fim era o melhor a ser feito.

Enfim, desejo para todos um feliz 2018 e antes que eu me esqueça, ano que vem vai ter novidades por aqui. Amo vocês seguidores. 


quarta-feira, 6 de dezembro de 2017

Lar é o que vem dentro


























Estes dias estava fotografando com Luise pela minha cidade e paramos em frente a uma casa muito linda que tinha uma bicicleta vermelha estacionada. Durante o ensaio na frente da fachada, eis que aparece a dona do imóvel. 
Ela era uma Senhora muito simpática e achou interessante a gente estar fotografando ali fora e então nos convidou para conhecer a sua casa. No começo ficamos sem graça achando que seria talvez um incômodo, mas logo que entramos percebemos o quanto ela estava feliz com a nossa visita.

Ela foi mostrando os trabalhos artísticos que fazia e nos fazendo ler as plaquinhas que estavam espalhadas pela casa em que ela escrevia pequenos textos. E então fomos adentrando no seu mundo, ao seu íntimo que era o lar.



O lar é o que vem dentro das paredes, é o nosso íntimo, o nosso modo de ser. Nele estão as marcas da nossa história, que são os porta retratos, as marcas das paredes, as almofadas do sofá, até mesmo os arranhões da madeira, é o que resiste ao tempo.
Os objetos são os assessórios que representam as épocas, a moda que está e que passou, as nossas necessidades e o tempo. Sim, os objetos podem ter 30, 40, ou ate 100 anos, e alguns vem de outras pessoas que nem existem mais no mundo material.
Porém o lar é mais que isso. O lar carrega uma energia, é como se absorvesse a nossa personalidade. Quando o apresentamos a alguém, deixamos que esta pessoa sinta um pouquinho dos nossos sentimentos.

Atualmente estamos mudando tão rapidamente, trocamos os objetos o tempo todo, entra e sai pessoas na nossas vidas numa velocidade tão grande. É tudo tão moderno, tão perfeito que não existem marcas do que já fomos.

Eu gosto dos lares antigos, daqueles que tem um pouquinho de poeira no canto, ou um objeto fora da moda. Eu gosto dos lares que ao conhecer parecem que caminhamos numa linha do tempo. Eu gosto dos lares que combinam com o sentir, que me trás curiosidade em conhecer mais e mais de alguém, como eu conheci aquela Senhora. De longe ela nem parecia ter um grande talento, foi o lar que me mostrou o que ela era e o que tinha de especial.



domingo, 29 de outubro de 2017

Look para a primavera



Se tem uma estação do ano que eu amo de paixão é a primavera. Mesmo eu morando no Ceará e aqui meio que só existe verão e inverno, quando chega setembro as flores começam a aparecer. 

Na minha cidade existem muitos ipês e eles ficam super floridos, sem falar que eles são amarelos e essa é a minha cor preferida depois do verde.
Como já é meio que tradição fotografar perto dos ipês eu fiz essas fotos e espero de coração que vocês gostem. haha





Vinis e Outras Coisas - Copyright © 2014